terça-feira, 22 de junho de 2010

O Rio Grande no Senado

Já fiz uma postagem em que dizia que seria melhor que Paim fosse o único candidato da esquerda ao Senado. Obviamente ninguém ligou para a minha opinião. Como parte do processo de coligações, a Abigail foi escolhida para ser a outra candidata da Frente Popular/Frente Ampla/União Popular.. ou seja lá o nome que tiver a coligação pró-Dilma no RS.
Votarei nela, sou um cara disciplinado e o meu voto não está em disputa. Porém, já se lê o quanto as outras duas candidaturas competitivas ao Senado estão se grantindo como candidaturas únicas. Se fosse indiferente para eles, Ana Amélia e Rigotto, juntamente com seus partidos, não estariam buscando garantir-se como os únicos nomes, ficando livres para pedirem o segundo voto de seus adversários.
A defesa da candidatura de Abigail é simples: sendo mulher, tira votos da Ana Amélia, sendo de Caxias, tira votos do Rigotto. Isso é um argumento ou uma justificativa?
Na minha singela opinião, ela vai dividir tempo, dinheiro e estrutura com a candidatura do Paim, além de dificultar a briga pelo segundo voto. Agora tá feito. Vamos ver no que vai dar.

2 comentários:

  1. Paz e bem!

    1 Em minha opinião
    a Abigail (Blattner?)
    é candidata pra inglês ver.

    2 Agora um off topic
    finalmente algo de bom da Yeda:
    vamos nos livrar do Berfran.

    ResponderExcluir
  2. José Renato Moura23 de junho de 2010 18:24

    Vou votar na Abigail ... embora não tenha a menor idéia de quem seja!!!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua opinião